Envios grátis para compras superiores a € 50.00 $ 59.93 R$ 337.00 £ 43.40
Manchas na pele: sabe como tratar e prevenir?

Manchas na pele: sabe como tratar e prevenir?

1 Abril 2021

A nossa pele possui uma cor característica e uniforme, graças a um pigmento natural que existe no nosso organismo, a melanina. Esta é responsável pela proteção da pele contra os raios UV, dando também origem ao tom bronzeado. No entanto, não é só a exposição solar que estimula a melanina; outros fatores podem desencadear um aumento na sua produção, nomeadamente as hormonas, a idade, e as lesões cutâneas ou a inflamação.

Quando a produção de melanina pelos melanócitos deixa de ser normal, podem surgir problemas de pigmentação na pele, que podem requerer cuidados e acompanhamento médico. Assim, podemos ter hiperpigmentação, que é uma alteração cutânea que se manifesta como manchas ou zonas escurecidas na pele, ou uma despigmentação/hipopigmentação, que é responsável pelo surgimento de zonas da pele mais claras. Esta última geralmente está associada a doenças como o vitíligo ou o albinismo.

Os melanócitos são então estimulados pelos raios UV, que atravessam a epiderme, a produzir melanina. No entanto, alguns destes melanócitos são insistentemente estimulados, levando-os a produzir melanina em quantidades grandes e anormais, de modo contínuo. Quando esta não é distribuída uniformemente sobre a superfície da pele, acaba por se acumular em determinadas áreas, originando manchas escuras. Além disso, a hiperpigmentação também aumenta com o envelhecimento celular, pelo que a idade é um fator que agrava este problema cutâneo.

Embora seja melhor evitar o seu aparecimento, é possível ajudar a reduzir as hiperpigmentações. É um processo demorado e onde os resultados vão aparecendo progressivamente, mas em que é possível uniformizar o tom da pele. Há três principais ações que os ingredientes ativos podem ter: regular a formação da tirosinase (enzima responsável pela produção de melanina), renovar a camada superficial da pele e despigmentar as manchas existentes. Neste caso concreto, há diversas opções cosméticas que podem ser utilizadas como tratamento. Os meus conselhos recaem sobre as gamas MartiDerm DSP, Lierac Lumilogie ou Neoretin, que apresentam diversas soluções que podem ser usadas em conjunto para otimizar os resultados, corrigindo as manchas existentes e prevenindo o aparecimento de novas.

Tendo então a exposição solar um papel tão relevante no aparecimento e agravamento de hiperpigmentações, é fundamental incluir na rotina diária um protetor solar como prevenção. Apesar de ser importante utilizar um fotoprotetor durante todo o ano, até para prevenir o envelhecimento cutâneo, a realidade é que, com a chegada da primavera, torna-se ainda mais premente utilizá-lo. Assim, para a prevenção do aparecimento de manchas escuras é recomendado utilizar um protetor solar com um mínimo de Fator de Proteção Solar (FPS) 30, proteger a pele do sol com a utilização de um chapéu ou privilegiando os locais de sombra, e tomar suplementos alimentares específicos antes e durante a exposição ao Sol, que preparam a pele para receber a radiação solar. Como gama de proteção solar, aconselho a Heliocare, que coloca à disposição protetores solares para todos os tipos de pele, com cor e sem cor, e suplementos alimentares que ajudam a fortalecer a barreira cutânea.

Todas as gamas de produtos que recomendei neste artigo podem ser adquiridas na nossa farmácia ou no site, para que possa ter acesso aos melhores cuidados de pele sem ter que sair de casa. E se tiver alguma dúvida, não hesite em contactar-nos. Estamos aqui para ajudar!

 

Dra. Carolina Espírito Santo

 

 

CONTACTOS

Farmácia Saúde

Maria Margarida Moreira - Farmácia Sociedade Unipessoal, Lda.

NIF: 514202386

Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, 689

Porto

+351 225 089 213 / +351 910 732 211

geral@farmaciasaude.com.pt

   

A MINHA CONTA

 

LIVRO DE RECLAMAÇÕES

Este estabelecimento dispõe de livro de reclamações online

MÉTODOS DE PAGAMENTO


Multibanco

paypal

   Transferência Bancária

         

Autorizado  a Disponibilizar Medicamentos Não Sujeitos a Receita Médica através da Internet pelo INFARMED, I.P.

Direção Técnica: Maria Margarida de Barros Nobre Moreira