Envios grátis para compras superiores a € 50.00 $ 60.85 R$ 317.88 £ 43.01
Alergias Sazonais? Descubra o que fazer!

Alergias Sazonais? Descubra o que fazer!

15 Abril 2021

A chegada da primavera representa, muitas vezes, um enorme desafio para quem, habitualmente, sofre de alergias. Distinguir as causas que podem estar na origem destes quadros clínicos é um passo essencial para a sua prevenção e para o alívio dos sintomas. Como tal, identificar os agentes que despoletam reações anormais no nosso organismo permite-nos agir em conformidade com as exigências fisiopatológicas dos diferentes tipos de alergia.

O desenvolvimento de uma reação alérgica surge, sobretudo, graças a um excesso de defesas do organismo, o que o leva a lutar contra substâncias que, à partida, devia tolerar. Deste modo, quando as mesmas são consideradas elementos estranhos ao nosso corpo, o sistema imunitário é estimulado a produzir anticorpos com o intuito de as combater e eliminar. Estas substâncias são, por isso, designadas de alergénios. É comum reconhecermos alguns medicamentos, ácaros e pólenes, e até mesmo o pelo ou as penas de alguns animais, como exemplos de fatores que desencadeiam reações alérgicas. A verdade é que o meio ambiente assume um impacto cada vez mais significativo no desenvolvimento das mesmas, traduzindo-se em sintomas intermitentes ou persistentes.

A primavera é uma estação do ano particularmente propícia para o aparecimento de situações alérgicas sazonais. Estas manifestações traduzem-se, por exemplo, em sintomas do aparelho respiratório (asma, rinite, sinusite, etc) e em afeções cutâneas, como a urticária e o eczema. Assim, indivíduos mais suscetíveis relatam frequentemente tosse, espirros, congestão nasal, olhos vermelhos, dificuldade em respirar e prurido.

O tratamento destas complicações é, frequentemente, direcionado para a utilização de medicamentos das classes terapêuticas dos anti-histamínicos, descongestionantes e corticosteroides. Todavia, à nossa disposição existe um conjunto de medidas não farmacológicas que contribuem significativamente para o alívio dos sintomas. Desde logo, importa destacar a evicção do alergénio desencadeante, através da realização de limpezas regulares, da redução da humidade presente em casa e da ausência de contacto com animais ou com ambientes que possam exacerbar as reações alérgicas (pós, pólenes, fumos). Por sua vez, a limpeza dos seios perinasais é também uma medida bastante importante, não só porque permite libertar o muco acumulado, mas também porque é um mecanismo de hidratação do revestimento nasal. Sendo essencial, este passo deve ser realizado inclusive antes da instituição de uma terapêutica intranasal e pode ser efetuado com soro fisiológico ou com soluções salinas.

Nasopure é um produto bastante eficaz neste sentido. Com um sistema de irrigação nasal, vem acompanhado com as respetivas saquetas que permitem não só a preparação de soluções isotónicas, destinadas à limpeza e à prevenção, como também a preparação de soluções hipertónicas, especialmente direcionadas para casos de congestão nasal. Deste modo, este dispositivo permite uma remoção eficaz das secreções e dos agentes irritantes, facilitando a respiração e diminuindo a congestão nasal, ao mesmo tempo que hidrata e suaviza a mucosa de modo a diminuir a inflamação. No mesmo âmbito, o Fitonasal pode também ser uma mais-valia, graças quer à sua ação descongestionante não farmacológica, quer à sua ação protetora. Este dispostivo médico, que pode ser usado por crianças e por adultos, fluidifica o muco e facilita a sua remoção através de uma ação física de lavagem da cavidade nasal, que é alcançada em virtude de uma osmolaridade equilibrada e padronizada. Assim, com propriedades muco-adesivas e antioxidantes, a manutenção da integridade da barreira epitelial é favorecida, a par da regeneração da mucosa. Estas são apenas duas alternativas de limpeza que podem contribuir para atenuar os sintomas sem provocar habituação nem irritar ou secar a mucosa.

No entanto, como já referi acima, apesar de frequente, as manifestações clínicas de uma alergia não consistem apenas em alterações do sistema respiratório. Também a pele - o maior órgão do corpo humano - é, não raras vezes, afetado. Sendo uma das principais barreiras de proteção do organismo contra agentes patogénicos, quando se verificam situações alérgicas, importa acalmar, refrescar e reduzir a sensação de ardor e vermelhidão da pele. Para tal, constituintes como o extrato de camomila, a betaína, as folhas de oliveira e o sal de alumínio de ácido acético e ácido tartárico são essenciais, uma vez que acalmam e suavizam a pele, contribuem para a sua regeneração e cicatrização e diminuem a sua sensibilidade. Presentes no Gelkalm e no S.O.S. Pele, os constituintes deste gel e deste creme dermatológico, respetivamente, tornam-nos opções adequadas para diversas afeções cutâneas, como picadas de insetos e eritemas solares. Isto faz destes produtos, formulações essenciais para as mais diversas circunstâncias e verdadeiros aliados que devem estar por perto, em caso de emergência.

Em suma, é cada vez mais evidente a procura de soluções que possam atenuar a sintomatologia alérgica que surge tipicamente nesta estação. Contudo, não menos claro é o desconhecimento geral que se verifica relativamente a medidas que não envolvam tratamentos farmacológicos. Nem sempre o nosso bem-estar depende (apenas) do mecanismo de ação de um fármaco. Por isso, estar rodeado de profissionais de saúde que estão dispostos a ajudá-lo e a aconselhá-lo sobre diferentes formas de prevenção e tratamento é fundamental para que possa tomar as melhores decisões, com base na informação que lhe é transmitida. Reiteramos, assim, o nosso inteiro dispor para zelar pela qualidade da sua saúde, esclarecendo todas as suas dúvidas. Estamos e continuamos aqui. Por si. Até breve!

 

Dra. Andreia Moreira

 

CONTACTOS

Farmácia Saúde

Maria Margarida Moreira - Farmácia Sociedade Unipessoal, Lda.

NIF: 514202386

Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, 689

Porto

+351 225 089 213 / +351 910 732 211

geral@farmaciasaude.com.pt

   

A MINHA CONTA

 

LIVRO DE RECLAMAÇÕES

Este estabelecimento dispõe de livro de reclamações online

MÉTODOS DE PAGAMENTO


Multibanco

paypal

   Transferência Bancária

         

Autorizado  a Disponibilizar Medicamentos Não Sujeitos a Receita Médica através da Internet pelo INFARMED, I.P.

Direção Técnica: Maria Margarida de Barros Nobre Moreira